Novos microempresários são destaque em palestra durante a 4ª Feciti

A estrutura montada na feira da Vila Aurora onde está acontecendo a Feira de Ciência, Inovação e Tecnologia (Feciti) tem lugar também a palestras orientativas e motivacionais. Cases de pequenas empresas que foram criadas por meio do Centro de Atendimento ao Empresário (CAE) da Prefeitura de Rondonópolis foram apresentados ao público.

Com apenas oito meses de formalização, a Cozinha da Fran, negócio montado para produção de refeições fit e biscoitos caseiros alcançou um mercado que antes era inalcançável. “A formalização me ajudou a entrar profissionalmente no mercado e passei a ser fornecedora de produtos para os supermercados da cidade o que elevou o nível do meu negócio”, contou a nova empresária Francis Ghellere.

A profissional de educação física que agora atua como cozinheira e dona do próprio negócio, ela comentou que o processo de criação da empresa foi muito rápido. Com a documentação toda em mãos ela foi no CAE que fica na sede da Prefeitura e solicitação abertura da empresa. Em apenas dois dias ela conseguiu o cadastro no CNPJ e aumentou as possibilidades de negócio.

Outra empresa convidada a compartilhar sua experiência foi a Utensílio do lar, uma loja virtual criada para vender produtos e variedades para casa. A facilidade na formalização ajudou para que o negócio fosse criado e tornado mais profissional, dando maior credibilidade e segurança para os novos clientes.

Os cases foram apresentados na manhã do segundo dia da Feciti que contou também com a participação de representantes das cooperativas Sicoob e Sicredi e da agência de fomento do Estado Desenvolve MT. Eles apresentaram as linhas de crédito voltadas para os micro e pequenos empresários e das possibilidades de expansão dos negócios que o microcrédito pode viabilizar.

O prefeito Zé Carlos do Pátio também esteve na 4ª Feciti e comentou que o setor de micro e pequenas empresas está se fortalecendo na Prefeitura e anunciou novos investimentos para o ano que vem. Pátio liberou a aquisição de três veículos novos para contribuir com o trabalho dos agentes de fomento que trabalham no CAE. “O poder público precisa criar instrumentos para desenvolver novos negócios, criar oportunidades de geração de renda”, destacou.

A Feciti acontece até o fim da tarde de hoje e conta com 104 projetos científicos tecnológicos em exposição e que estão concorrendo a premiação de R$ 1.800 e R$ 700. A visitação na feira é gratuita e o público pode opinar e escolher o melhor projeto na categoria voto popular.

Fonte: Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

doze + cinco =