Unidade de Vigilância de Zoonoses de Rondonópolis atende cerca de 500 animais em apenas uma tarde

A Escola Municipal Firmício Alves Barreto na Vila Olinda abriu os portões no sábado (19) para atender um público diferente. Nos corredores e saguão do colégio ao invés de professores, médicos veterinários fizeram atendimentos aos animais de estimação da população local. Cães, gatos e até um coelho recebeu os cuidados dos profissionais que participaram do projeto Veterinário Solidário.

Liderado pelo Juizado Volante Ambiental (Juvam) o projeto oferece diversas ações gratuitas voltadas para os pets da população que não tem condições de levar os bichos para fazer um acompanhamento da saúde com frequência. Somente a Unidade de Vigilância de Zoonoses do município (UVZ) atendeu cerca de 500 animais, apenas no período da tarde.

Muita gente aproveitou para colocar o cartão de vacinação em dia e deixar o pet imune contra a raiva. Além da vacinação, também feita a vermifugação, coleta de material para exames clínicos como o que identifica a leishmaniose, conforme informou o médico veterinário da UVZ, Waldecy Alex que atendeu um morador com um coelho que há três dias estava sem comer e apresentava febre.

O coelho, assim como todos os outros animais que precisavam, receberam além da consulta, medicação gratuita para continuar o tratamento em casa. Muitas pessoas aproveitaram o evento e deixaram seus animais para fazer o banho e tosa e ainda receberam diferentes tipos de ração.

O gerente de Divisão de Vigilância Ambiental do município, Wagner Santos, lembrou que também foi feito durante o evento o cadastro de animais para fazer a castração gratuita. Todo o mês a UVZ tem realizado cerca de 160 cirurgias em cães e gatos, reduzindo a fila de espera pelo procedimento.

Fonte:Asssessoria

BANNER

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

cinco × um =