Prefeitura dá início à limpeza de áreas com material descartado irregularmente a partir do Sagrada Família

O Sagrada família foi o primeiro bairro a receber a limpeza do ecoponto em uma ação que começou ontem (23) e vai contemplar diversas áreas da cidade. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) informa que serão 20 dias dedicados à retirada dos materiais descartados indevidamente em vários pontos do município, entre eles a Vila Mineira, o Campo Limpo, o Jardim Ana Carla e Residencial Gran Ville.

“O descarte irregular de lixo é crime ambiental e gera sanções tanto administrativas, quanto cíveis e ambientais. Inclusive, se o infrator for pego em flagrante, o ato gera detenção”, lembra o Secretário Municipal de Meio Ambiente, João Fernando Copetti Boher.

Vale ressaltar que, além da limpeza pública, a Prefeitura reforçou a fiscalização para coibir o descarte de resíduos, lixo doméstico e objetos nas áreas que não são destinadas a essa atividade, mas que ainda há pessoas que insistem em reiterar na prática irregular.

Também está prevista pela Prefeitura a implantação de quatro novos ecopontos em Rondonópolis, que contarão com caçambas adequadas para o depósito dos detritos a serem eliminados pela população. Enquanto os ecopontos não ficam prontos, as pessoas devem descartar resíduos que não possam ser dispostos para coleta de lixo rotineira no antigo Lixão da Mata Grande.

Em relação a galhos e podas de árvores, a Prefeitura disponibilizou, esta semana, um lugar para receber e triturar esse material, que fica nos primeiros metros da Rodovia do Peixe e está aberto pela manhã e à tarde.

Fonte:Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois − 1 =