Lei de Max Russi é sancionada e vai alavancar um das regiões mais produtoras do Norte Araguaia

O governador Mauro Mendes sancionou a Lei n° 10.890 de 21 de março de 2019, onde declara de utilidade pública a Associação dos Pequenos Produtores Rurais do Distrito de Espigão do Leste, pertencente ao município de São Félix do Araguaia. Essa foi uma das propostas do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB).

A demanda foi apresentada ao parlamentar pelo vereador Ademar Paranhos, o popular Mazinho e, a partir da regulamentação dessa lei, a associação, considerada a mais produtiva do Norte Araguaia, estará apta a receber verbas públicas e outros benefícios legais.

Max Russi ressaltou os trabalhos desenvolvidos por aquela comunidade, como atividades de apoio a agricultura, baseadas nos princípios da Economia Solidária, assim como o fomentado do desenvolvimento social, cultural, educacional, ambiental e político.

“Esse é um Distrito que está crescendo e vem apresentando um expressivo trabalho. Fico feliz com a sensibilidade do governo do estado em sancionar essa lei, para que essas famílias sejam beneficiadas com esse suporte”, comemorou Russi.

O deputado reforça que a intenção é promover a comercialização conjunta da produção dos associados, assim com a aquisição de insumos agropecuários e bens de consumo. “Para que funcione de maneira efetiva e sustentável, é preciso dar estrutura. Por isso apresentei esse Projeto de Lei”, justificou.

Espigão do Leste está localizado às margens da rodovia BR-080, no nordeste de Mato Grosso e pertence ao município de São Félix do Araguaia, a 1.159 km de Cuiabá. Com a sanção dessa lei é considerada uma alavanca estratégica para estratégico para uma efetiva sustentabilidade da região. “Isso só vem a somar para aquelas famílias. Um passo fundamental para incentivarmos todo o trabalho, que está sendo feito”, pontuou Max Russi.

Fonte:Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

18 + 15 =