Oferta restrita de gado em Mato Grosso reflete nos resultados de frigoríficos, diz Imea

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuáira – IMEA- informou que a oferta restrita de bovinos para abate refletiu nos resultados dos frigoríficos no Estado, em março. Pelo segundo mês consecutivo, a utilização industrial de abate de bovinos caiu, 3,30 pontos percentuais comparado com fevereiro, totalizando 69,45% da capacidade real.

Esse resultado foi mais intenso nas regiões Nordeste e Sudeste, que abateram 9.083 e 3.650 cabeças a menos, respectivamente, ante o mês anterior. A conjuntura poderia ser mais intensa, no entanto, o volume de fêmeas abatidas nesse primeiro trimestre do ano, de 689.457 cabeças, amenizou esse quadro.

“Apesar dessa redução, vale destacar que a região nordeste apresentou resultados positivos na média do primeiro trimestre 2019: aumentou a sua utilização frigorífica em 8,02p.p.sobre o 1° trimestre/2018, totalizando 80,93% da sua capacidade. A oeste também se destacou no mesmo período, visto que ampliou em 8,89 pontos percentuais utilizando 89,54%. Para abril 2019, já observa-se um alívio na oferta de animais,que pode reverter o cenário da utilização industrial em Mato Grosso”, apontam os analistas.

Fonte:Só Notícias

BANNER-ASSEMBLEIA
COMPARTILHAR

Comentários