Parceria com Rota do Oeste visa ampliar monitoramento de câmeras OCR

Uma parceria com a Rota do Oeste visa acrescentar cerca de 60 pontos de câmeras OCR (leitores ópticos de caracteres) ao monitoramento do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

Durante reunião entre representantes da empresa e do órgão, realizada nesta segunda-feira (25), na sede da Secretaria, foram abordados os detalhes necessários para a implantação de um projeto-piloto e, posteriormente, o definitivo. O objetivo é fortalecer o combate ao roubo e furto de veículos no Estado, por meio da identificação de placas e outros caracteres que servem como elementos de investigação.

Com a parceria, as imagens registradas pelos equipamentos dos veículos que trafegam diariamente nos trechos administrados pela Rota do Oeste serão acompanhadas em tempo real pelo Centro Integrado da Sesp. Caso apontem alguma irregularidade, um alerta será emitido ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), que vai direcionar a demanda às forças policiais.

Inicialmente, a expectativa é que o projeto-piloto seja desenvolvido em duas praças de pedágio da Rota do Oeste, fase em que serão analisados aspectos técnicos de processamento dos dados e atendimento da demanda. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) já autorizou esta etapa e a empresa enviará os dados necessários à Sesp para a realização dos testes. Posteriormente, a iniciativa contemplará as nove praças de pedágio, com seis a sete faixas cada, sendo que cada faixa possui uma câmera OCR.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, acredita que os resultados refletirão consideravelmente no aumento da apreensão e recuperação de veículos roubados e furtados. “Tenho certeza que esta parceria trará resultados importantes para a segurança pública e também será de suma importância para que os motoristas se sintam mais seguros ao transitar por Mato Grosso”.

As praças de pedágio da Rota do Oeste estão localizadas na BR-163, desde a divisa de Mato Grosso do Sul com Mato Grosso até o km 850 em Sinop, no Norte do Estado. Segundo dados da empresa, diariamente, 70 mil veículos passam pela BR-163, dos quais 68% são caminhões.

“Para nós, é importante participar não só como uma empresa que quer ver o Estado crescer e quer contribuir com a segurança, mas também porque é algo que vai melhorar a segurança na rodovia, para os usuários”, frisou o presidente da empresa, Diogo Santiago.

Fonte: Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dezesseis + 12 =