Mauro fecha primeiro mês de Governo com rombo de R$ 168 mi no caixa do Estado

O governador Mauro Mendes (DEM) fechou seu primeiro mês de mandato com um deficit de R$168,8 milhoes nas contas do Estado . Conforme números oficiais do Executivo, Mato Grosso arrecadou R$ 1,361 bilhão em janeiro e contraiu despesas num total de R$ 1,529 bilhão.

Deste montante, foi pago R$ 1,323 bilhão, restando R$ 37,3 milhões de saldo da Fonte 100. Entre as despesas pagas estão R$ 362,9 milhões em salários de servidores ativos, R$ 200,9 milhões de aposentados e R$ 51 milhões de custeio das 15 secretarias. Também foram bloqueados judicialmente para o MT Saúde R$ 7,6 milhões e outros R$ 28,1 milhões foram utilizados para pagamento de dívidas.

Além disso, foram efetuados os repasses obrigatórios aos Poderes, prefeituras municipais, à Saúde e Educação, bem como utilizados R$ 456 mil para investimento.

A previsão do rombo e o pacote fiscal

O “rombo” no caixa do Estado já estava previsto até mesmo na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019,aprovada pela Assembleia Legislativa  Com uma receita anual orçada em R$ 19,221 bilhões e despesas estimadas em R$ 20,906 bilhões, a LOA traz a previsão de um déficit de R$ 1,686 bilhão no caixa do Estado em 2019.

No fim do mês, o governador assegurou a aprovação do pacote fiscal composto por cinco projetos de lei, que buscam, basicamente, reduzir despesas e aumentar a arrecadação. Todos já foram sancionados por Mauro. Em meados de janeiro, o democrata também decretou situação de calamidade financeira no Estado.

Veja tabela com números de janeiro

Fonte:O livre

BANNER-ASSEMBLEIA
COMPARTILHAR

Comentários