Jayme Campos teria aval de Bolsonaro para presidir o Senado

Eleito no pleito deste ano para voltar ao Senado a partir de 2019, o ex-senador e ex-governador de Mato Grosso, Jayme Campos (DEM), voltará ao Congresso Nacional numa condição bastante favorável.

Seu nome, aliás, já é ventilado entre os cotados para assumir a presidência do Senado hoje ocupada por Eunício Oliveira (MDB).

Conforme o jornalista Valdo Cruz, da Globo News, Jayme tem capacidade e viabilidade para ocupar o cargo principalmente por sua proximidade e boa relação com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

Vale lembrar que Bolsonaro já escolheu a deputada federal Tezera Cristina, do Partido Democratas, para o posto de ministra da Agricultura.

COMPARTILHAR

Comentários