União das entidades pelo varejo garante maior premiação da Liquidaqui

A maior festa do varejo da região Sul do Estado atrai consumidores e lojistas pela premiação: dois carros e duas motos zero quilômetro. A receita para os realizadores e apoiadores é a união das entidades em prol do comércio. Nesta edição, o número de lojas chegou a 144, o que representa 20% a mais que a edição anterior e o trabalho realizado é para atrair consumidores, proporcionando entretenimento e serviços para a população. Quem tiver sorte pode levar um carro ou uma moto para casa, para isso é só comprar nas lojas participantes e preencher corretamente o cupom e concorrer aos prêmios.

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Rondonópolis (CDL) de Rondonópolis, Neles Walter Ferreira de Farias, a festa do varejo além de agradar consumidores alegra as pessoas que têm possibilidade de fazer boas compras, participar dos eventos e encontrar amigos. “Esta é uma festa enorme que exige dedicação e muito trabalho, mas é compensador porque vemos que as pessoas que participam ficam felizes. Além disso, fomenta o varejo que é o setor que mais gera emprego: ganha o lojista, ganha o comerciário que terá uma comissão maior, ganha o consumidor com descontos e prazos diferenciados”, destacou.

O diretor da Associação Comercial Industrial e Empresarial de Rondonópolis (ACIR), Fabiano Marconi, a Liquidaqui é boa para as lojas que conseguem ampliar as vendas com promoções atrativas de produtos que chegam custar a metade do preço.  “Temos que trabalhar para fortalecer o comércio, este é o objetivo das entidades e esta é uma campanha que já é esperada pela população, mas precisamos trabalhar por mais união no nosso setor. Apoiamos a Liquidaqui porque é boa para o comércio e neste ano possui uma premiação fantástica”, o diretor  também é gerente da Gazin, uma das lojas que vende mais na campanha que no Natal.

Segundo Almir Batista de Santana, presidente do Sindicato do Comércio Varejista, a campanha traz o que é importante: entretenimento e boas oportunidades para negócios. “Temos que trabalhar pelo fomento do setor a campanha faz isso porque tem boa premiação, o que atrai clientes para as lojas participantes”.

O coordenador geral da Liquidaqui Thiago Sperança destaca que a campanha cresce a cada ano e proporciona aos lojistas que não conseguem fazer uma promoção com prêmios de alto valor e oferecem esta possibilidade aos seus clientes com a aquisição de uma cota que cabe no caixa. “É um evento grande que dá ao pequeno uma ferramenta para ampliar os clientes e também fidelizar muitos deles. Estamos felizes com a ampliação das lojas participantes, mas queríamos mesmo é que 100% estivessem na campanha, vamos trabalhar para aumentar ainda mais a quantidade de lojas para o próximo ano”.

Adilson de Oliveira Júnior, gerente de vendas da Moto Campo, também é parceiro e garante que a marca sempre consegue fazer bons negócios no período. “Somos  parceiros e continuaremos porque é bom para o comércio e bom para nós. “Em épocas difíceis temos que apoiar boas iniciativas e jogar fora a expressão: está ruim”.

Para garantir a segurança do evento, a Polícia Militar conta com um esquema especial de trabalho. O tenente-coronel Gleber Candido é responsável pelo trabalho que tem por objetivo aumentar a sensação de segurança. “Temos um esquema especial para que todos possam vir na Liquidaqui sem preocupação e queremos fechar sem incidentes”, concluiu.

Fonte: assessoria

BANNER-NETWORK
COMPARTILHAR

Comentários