Programa Mato Grosso mais produtivo busca melhor produtividade e lucros para empresas

O programa Mato Grosso Mais Produtivo lançado, em Cuiabá, terá ações visando a melhoria da produtividade, maior capacitação, lucro e valor para as indústrias do Estado. Estão previstas atividades de consultorias e cursos de qualificação em vários segmentos do mercado como alimentos e bebidas, setor algodoeiro e construção civil, com foco em sustentabilidade e manufatura Enxuta. “Estamos dando condições para que as empresas assimilem o modelo digital. Não tem como ingressar nesta nova fase sem reorganizar os processos, existe um caminho a percorrer. O Sesi e o Senai tem todo o conhecimento necessário para colocar as indústrias nesse novo patamar”, explicou o gerente da unidade de Inovação, Tecnologia e Saúde, Valdir de Souza.

A digitalização, um dos primeiros degraus para inserção na indústria 4.0, ajuda as empresas a conhecerem melhor seu chão de fábrica e a conseguirem se antecipar a eventos como quebras de máquinas, que afetam a eficiência do processo produtivo. Estudos da consultoria McKinsey apontam, por exemplo, que os ganhos em produtividade com uso de novas tecnologias digitais podem chegar a 26%, aponta a assessoria.

“O desconhecimento talvez seja hoje o maior entrave à inserção das empresas brasileiras nesta revolução industrial. O custo da tecnologia está baixo, o acesso aos métodos está facilitado, por isso, é preciso desmistificar os conceitos e mostrar que a indústria 4.0 não é apenas para as grandes empresas, ao contrário, é uma oportunidade principalmente para as pequenas se tornarem mais produtivas”, explica o gerente-executivo de Inovação e Tecnologia do Senai Nacional, Marcelo Prim.

Fonte: Só Notícias

BANNER-NETWORK
COMPARTILHAR

Comentários