Abastecer com etanol está mais vantajoso em Rondonópolis

Desde 2015, porém, essa diferença não era tão grande

Abastecer o carro com etanol no Estado de Mato Grosso (MT) está sendo mais vantajoso nos últimos meses. Com o petróleo mais caro, de um lado, e safra boa de cana-de-açúcar, de outro, a vantagem de abastecer o carro com etanol em vez da gasolina cresceu e é a maior em três anos. Desde 2015 o litro do álcool não ficava tão barato em relação ao da gasolina.

Conforme informações dos economistas, a expectativa é que a troca continue compensando até por volta de setembro, quando se encerra o período de safra.

Mas, como as usinas de açúcar e álcool estão concentradas no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, abastecer com etanol é uma opção que só está compensando em cinco estados, considerados os preços médios das últimas semanas: Mato Grosso, São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Goiás. Em todos os demais e no Distrito Federal, a gasolina ainda sai mais em conta.

Vale lembrar que para saber se a escolha do etanol é a melhor, é necessário fazer uma conta simples. O etanol vale a pena quando custa até 70% da gasolina. Se o etanol está compensando mais do que a gasolina: a convenção é que o preço do álcool deve ser de até 70% o da gasolina, quer dizer, deve ser pelo menos 30% mais barato, já que o litro dele é menos eficiente e rende menos quilômetros. Para isso, basta multiplicar o preço do litro da gasolina por 0,7: se o litro do etanol estiver abaixo do resultado da conta, é mais vantajoso; se estiver acima, não compensa.

Em Rondonópolis, o preço médio do litro da gasolina está em R$ 4,59. Isso significa que, para o etanol valer a pena, ele deve custar menos do que R$ 3,21 por litro (R$ 4,59 x 0,70).

O preço médio do litro do etanol está custando R$ 2,72. É 59% do preço da gasolina. Um valor abaixo de R$ 3,21, fato que comprova a vantagem.

 

Fonte: AgoraMT

BANNER-NETWORK
COMPARTILHAR

Comentários