Governo desmente atraso no repasse para a Santa Casa

Os médicos da Santa Casa ameaçaram suspender os atendimentos com a alegação de que estariam com os salários atrasados desde outubro de 2017. Com a ameaça de paralisação o Governo emitiu uma nota informando que não há atraso no repasse.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES) os últimos dois meses foi repassado ao Fundo Municipal de Rondonópolis o valor de R$ 1.362.671,88 referente ao custeio das UTis da Santa Casa de Rondonópolis para os meses de novembro e dezembro de 2017.

A nota informou que o valor da competência de novembro foi de R$ 621.120,48 (Portaria 019/2018 de 05.02.18) e o de dezembro no valor de R$ 741.151,40 (Portaria 036-2018 de 02.03.18). Estes valores, transferidos ao Fundo Municipal, são repassados pela prefeitura de Rondonópolis para a conta da Santa Casa. O prazo para o pagamento dos serviços de UTI executados no mês de janeiro de 2018 encerra-se no final de março, conforme critério definido pela Portaria 129/2017.

 

Fonte: AgoraMT

 

COMPARTILHAR

Comentários