Justiça mantém prisão de jornalista por extorsão a prefeito em MT

A Polícia Judiciária Civil de Primavera do Leste (231 km ao Sul) em apoio ao Ministério Público Estadual (MPE) prendeu em flagrante na manhã desta segunda-feira (16.10), acusado de extorsão. O acusado J.P.R.R., 38, exigia dinheiro do prefeito interino do município para não publicação de uma matéria em seu desfavor.

Segundo as informações passadas pelo Ministério Público, o prefeito pagaria ao repórter o valor R$ 7 mil. Por volta das 12 horas, os policiais flagraram o momento em que o jornalista estacionou o carro atrás de uma empresa e entrou no veículo da vítima. Na abordagem, os investigadores flagraram o suspeito com o dinheiro nas mãos, enquanto fazia a contagem do valor.

Segundo a delegada, Anamaria Machado Costa, o prefeito estava sendo chantageado pelo repórter, uma vez que é candidato nas novas eleições que ocorrerão no município, no próximo dia 19 de novembro. “Essa era a segunda entrega de valores, sendo a primeira de R$ 3mil, filmada pelo prefeito ficando bem clara a situação de extorsão”, explicou a delegada.

Em interrogatório, o jornalista primeiramente preferiu ficar em silêncio, porém mais tarde alegou que recebeu o dinheiro por trabalho de campanha. Por se tratar de crime com pena superior a 4 anos de prisão não foi arbitrada fiança ao suspeito, que foi encaminhado para audiência de custódia, na qual, o Juiz converteu a prisão em flagrante em preventiva.

 

Fonte: FolhaMax

BANNER-NETWORK
COMPARTILHAR

Comentários