Motorista de Uber tem carro danificado após negar corrida para travestis

Um motorista do aplicativo Uber teve um grande prejuízo na tarde desta terça-feira (15) ao recusar transportar duas travestis em seu veículo.

O caso aconteceu em frente ao condomínio que elas residem no bairro Nova Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá.

Um morador de um condomínio vizinho filmou toda a situação e os vídeos foram parar nas redes sociais.

A confusão, pelo que consta nas imagens, foi ocorrida porque as passageiras informavam que tinham sido vítimas de preconceito por parte do motorista. “Ele não quis levar a gente porque somos veadas.”

Já o motorista, que ainda não foi identificado, desesperado com a situação, gritava com as travestis: “não façam isso, pelo amor de Deus”. Mas o seu apelo foi em vão, e a situação só foi controlada quando seguranças do condomínio intervieram na situação.

Mesmo após pararem que de quebrar o veículo, os envolvidos continuaram a discussão. Policiais militares do 4º Batalhão chegaram a ir ao local da ocorrência, porém o condutor do automóvel preferiu não ir à delegacia fazer um boletim de ocorrência do prejuízo.

De acordo com as informações locais, o motorista – que chegou a chorar com a situação – trabalha à noite em uma pizzaria e teria adquirido o carro há pouco tempo para buscar uma renda extra como condutor do aplicativo.

Veja o vídeo da depredação:

Fonte: CircuitoMT

BANNER-NETWORK
COMPARTILHAR

Comentários