Jornalista é preso acusado de abusar de dois adolescentes

O jornalista João Carlos de Queiroz, 53 anos de idade, foi preso em flagrante na tarde do domingo (27) acusado de abusar sexualmente de dois adolescentes e ainda atropelar uma mulher numa tentativa de fuga.

ajrna

O caso ocorreu na região da Lagoa Trevisan, em Várzea Grande.

De acordo com o relato de policiais militares que atenderam a ocorrência, João Carlos, que está lotado na Secretaria de Comunicação Social de Várzea Grande, foi acusado de ter passado as mãos no órgão genital de uma adolescente, que contou o fato para sua tia. Ainda existe a suspeita de que ele tenha abusado de um garoto de 11 anos no mesmo dia.

Indignados, familiares da menina foram tirar satisfação com o jornalista que tentou fugir em alta velocidade com o seu carro. Foi quando ele atropelou uma familiar da garota, de 40 anos.

A mulher, conforme testemunhas, precisou ser atendida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada para o pronto-socorro de Cuiabá com a suspeita de fratura.

Cercado, o jornalista acabou sendo detido pela Polícia Militar e conduzido até a Central de Flagrantes de Várzea Grande, onde foi autuado e permaneceu detido.

A adolescente, que também  foi encaminhada até a delegacia, confirmou a história ao delegado plantonista.

DEMISSÃO 

Segundo o secretário de Comunicação Social, Marcos Lemos, João Carlos foi exonerado na tarde desta segunda-feira (28).

“Como ele é cargo comissionado, vai ser demitido. O que ele tiver de direito pela lei, [poderá] se defender. Mas já encaminhei o ato de exoneração. Não se justifica esse tipo de coisa”, afirmou.

Fonte: Folha Max

COMPARTILHAR

Comentários